quarta-feira, 6 de junho de 2018

Suspeito de matar mulher em casa abandonada confessa crime e alega legítima defesa, segundo a polícia



Por Sílvia Vieira, G1 Santarém, PA



Um investigador identificou dentro de uma embarcação que faz linha Santarém-Óbidos, no oeste do Pará, o principal suspeito de matar Cleomar do Socorro Silva Costa, 49 anos, cujo corpo foi encontrado na manhã de terça-feira (5), em uma casa abandonada na avenida Barão do Rio Branco, em Santarém. O suspeito foi detido e conduzido à delegacia de Polícia Civil de Óbidos, onde confessou a autoria do crime.
Edinaldo Kennedy viajava de Santarém para Óbidos quando foi reconhecido por um investigador (Foto: Reprodução/Redes Sociais)


Segundo o delegado Thiago Mendes, Edinaldo Kennedy foi apresentado na delegacia por volta das 03h30 desta quarta-feira (6). Perguntado sobre a suspeita de assassinato, ele confessou a autoria do crime, mas alegou legítima defesa. “O Edinaldo foi reconhecido por um investigador e conduzido à delegacia, onde confessou ter cometido o crime que resultou na morte de Cleomar, mas ele alega que agiu em legítima defesa. Ele está contando como tudo aconteceu e assim que encerrarmos o procedimento aqui, ele será recambiado para Santarém”, informou.


Tanto Cleomar quanto Edinaldo Kennedy eram usuários pelo Centro Pop Dom Lino Vombommel, que atende pessoas em situação de rua no município de Santarém. A forma como a mulher foi encontrada com uma peça íntima em volta do pescoço, sugere que ele foi vítima de estrangulamento.


A polícia de Santarém apurou junto ao Centro Pop que Cleomar tinha dependência de álcool e outras drogas.