segunda-feira, 11 de junho de 2018

Segundo envolvido nas mortes de empresária e funcionária nega participação no crime

Segundo envolvido nas mortes de empresária e funcionária nega participação no crime (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
Raylson de Oliveira Santos, de 19 anos, negou em depoimento participação no assassinato da empresária Maria de Nazaré Borges de Alcântara e da funcionária Iranilma Prestes dos Reis. Ele se entregou na Divisão de Homicídios, na tarde de hoje (11), acompanhado de um advogado. 
De acordo com a Polícia Civil, em depoimento, ele disse que a versão apresentada por Marlison Neves, de 19 anos, não é verdadeira e que não participou do crime. Ele relatou que no dia do crime largou serviço e que as vítimas ofereceram uma carona para os dois. Porém, ele pegou carona, passando pela Augusto Montenegro e Independência, sendo deixado em Outeiro, onde seguiu para uma praça com amigos. 
Ele afirma ainda que no dia seguinte foi trabalhar normalmente e, ao chegar lá, tomou conhecimento do caso e que a polícia o estava procurando.
Raylson de Oliveira disse ainda que não escutou, durante o trajeto no carro, qualquer coisa que pudesse associar ao crime. Ele, que já estava com pedido de prisão preventiva, continuará preso. 
Com a prisão da dupla, a Polícia Civil considera o caso esclarecido, porém não descarta uma acareação entre os dois. Devido as versões contraditórias. 
(DOL)