quinta-feira, 7 de junho de 2018

Buscas por passageiros de lancha são intensificadas dois dias após naufrágio em Santarém



Por G1 Santarém



Buscas na área do naufrágio da lancha no rio Amazonas em Santarém, no Pará (Foto: Reprodução/TV Tapajós.



Equipes do Corpo de Bombeiros e da Capitania Fluvial, com apoio da Guarda Portuária, intensificaram nesta quarta-feira (7) as buscas aos dois passageiros de uma lancha que afundou no rio Amazonas, em Santarém, no oeste do Pará. Os passageiros foram identificados como Evanildo da Silva Leal, de 38 anos e Maria Eurice da Silva, de 72.


O trabalho de resgate de passageiros que conseguiram de salvar e as buscas aos desaparecidos começaram pouco depois do acidente, na terça-feira. O terceiro dia de buscas superficiais iniciou pela manhã. A empresa também presta apoio aos trabalhos.

Buscas aos desaparecidos no rio Amazonas em Santarém (Foto: Capitania Fluvial/Divulgação)


As buscas se concentram entre o local do acidente, na área conhecida como Ponta do Urubu até uma outra área do rio, conhecida pelos ribeirinhos por aglomerar tudo que é levado pela correnteza. Para isso, foi necessário estender o percurso das buscas.


Na área do acidente, há 5 km de Santarém, a correnteza é forte e o rio chega a 45 metros de profundidade ou mais. Ainda não há vestígios da embarcação, nem de objetos dos passageiros ou combustível que possa indicar o local exato da lancha.
Barco pesqueiro que abrigou passageiros resgatados até a chegada de embarcação da Marinha (Foto: Capitania Fluvial/Divulgação)



O acidente


A lancha saiu de uma comunidade ribeirinha e seguia para Santarém, quando afundou por volta de 7h30 de terça-feira (5) durante um forte temporal. Dos 17 passageiros, 15 conseguiram se salvar com apoio de um basco pesqueiro e levados para Santarém.


A Capitania Fluvial de Santarém já abriu um inquérito administrativo para investigar as causas do acidente. Passageiros e tripulantes da lancha serão ouvidos. A intenção da Capitania é saber o fator determinante que contribuiu para o naufrágio.