terça-feira, 25 de setembro de 2018

ITAITUBA/PA: HOMEM É BALEADO APÓS CONFRONTO COM A POLÍCIA



Na tarde dessa terça feira (25) um rapaz foi alvejado com dois tiros após confronto com a Polícia na 3a rua do Bairro Maria Madalena, em Itaituba, Pará. 


De acordo com informações,    a Polícia Militar esteve no local para desarticular uma quadrilha que possivelmente seria a que está comandando a onda de assaltos que vem acontecendo na cidade de Itaituba.

Na residência foi encontrada uma motocicleta Honda Biz que era utilizada para a prática de assaltos, além de objetos possivelmente utilizados durante os assaltos.



Marlison Pinto de Aguiar, 20 anos, foi alvejado com um tiro no lado esquerdo do peito e na região posterior da cintura pélvica.

Marlison foi encaminhado para o Hospital Municipal de Itaituba para os devidos procedimentos médicos.

A Polícia Militar permaneceu no local e m busca dos outros supostos integrantes desta quadrilha.


Essa notícia poderá ser atualizada a qualquer momento. 
Por Kethuly de Almeida Maia
Fonte: Blogs Jean Da Garapeira e Jhonny Notícias em parceria com Caçula Lucena SBT

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Homem é morto na frente de convidados de festa

Homem é morto na frente de convidados de festa (Foto: Ricardo Amanajás/Diário do Pará)
(Foto: Ricardo Amanajás/Diário do Pará)
Herbet Castro de Sousa, 28, foi assassinado quando saía de uma festa de aniversário que acontecia em uma sede localizada na passagem São Luís, no bairro da Terra Firme, em Belém. O crime foi na noite deste domingo (23).
Ele foi morto a tiros e houve correria no local. Dois homens são apontados pelas testemunhas como responsáveis pelo crime.
As dois suspeitos estavam a pé, abordaram a vítima e fugiram sem ser identificados.
O motivo para o assassinato deverá ser levantado em investigação.
(DOL)

Matança em Marabá: 98 mortes no ano

Matança em Marabá: 98 mortes no ano (Foto: Wagner Almeida/Diário do Pará)
A violência que toma conta da Grande Belém e também acontece no interior do Estado. (Foto: Wagner Almeida/Diário do Pará)
De acordo com dados da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Segup) do Estado do Pará, entre janeiro e agosto deste ano 2.477 pessoas foram assassinadas em todo os estado. Uma média de dez mortes por dia só neste período de 2018.
Desses 2.477 casos no estado, 98 foram registrados em Marabá. É o que aponta o balanço divulgado pela Delegacia de Homicídios da Polícia Civil do município.
Ainda de acordo com o balanço, o número de assassinatos reduziu se comparado com o mesmo período de 2017, quando foram registrados 123 assassinatos. 
O delegado Ivan Pinto, do Departamento de Homicídios, atribui a redução dos homicídios ao Sistema de Segurança Integrado, implantado em 2018 e encabeçado pelas Polícias Militar, Civil e órgãos municipais (Guarda Municipal, DMTU e a Semma), além da Polícia Rodoviária Federal. Esses órgãos têm promovido blitz e fiscalizações constantes.
“Com essas abordagens nas ruas, com essa atuação conjunta, os meliantes ficam inibidos a cometerem crime. Então, nisso houve uma redução dos homicídios na cidade de Marabá, em torno de 25%, comparando com o mesmo período do ano passado”, explicou o policial.
O delegado não informou, entretanto, o percentual de casos elucidados, mas afirmou que a participação da população, através do Disque Denúncia, tem auxiliado a polícia nas investigações. “Diariamente recebemos denúncias, apuramos essas denúncias e têm crimes que são desvendados de forma rápida, graças a esse apoio da população”, informou.
(Redação com informações da RBATV)

HOMEM É MORTO A FACADAS DURANTE DISCUSSÃO EM SANTARÉM

Crime aconteceu na praia do Osso no domingo (23). Mulher disse em depoimento que ia sendo agredida e foi se defender; rapaz era ex-companheiro dela, segundo testemunhas.



Uma discussão envolvendo um homem e uma mulher terminou em morte na tarde de domingo (23), na praia do Osso, em Santarém, oeste do Pará. Segundo a polícia, Josivaldo Batista dos Santos, de 54 anos, foi atingido com golpes de faca.

A praia do Osso fica entre os bairros Área Verde e Uruará. O movimento de banhistas é baixo e o local é quase deserto. O crime aconteceu por volta de 15h. A mulher foi presa pela Polícia Militar pouco tempo depois e apresentada na 16ª Seccional de Polícia Civil.

Ela disse em depoimento que ia sendo agredida e para se defender, desferiu duas facadas no tórax da vítima. Segundo testemunhas, o rapaz era ex-companheiro da suspeita e o crime teria sido motivado por ciúmes. O caso é investigado.

O corpo da homem foi removido do local do crime e levado ao Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, do Instituto Médico Legal. A suspeita passou por exame de corpo de delito e foi levada ao presídio Sílvio Hall de Moura, em Cucurunã.

Fonte:  G1 Pará
Fotos: Reprodução/redes socais.

Após 12 anos de união, mulher é atacada por companheiro em Vitória do Xingu

Foram 10 facadas durante um ataque de fúria que a mulher não sabe explicar. A vítima estava em casa, e havia acabado de limpar a cozinha depois do almoço. 



Os filhos do casal, um menino de 12 e outra menina de 7 anos saíram para ir à escola, e não chegaram a presenciar o crime.

A mulher conta que depois de limpar tudo, foi para o quarto, onde o marido estava. Ela diz que se deitou ao lado dele, e ficaram assistindo tv. Cansada, ela começou a cochilar, foi aí que o agressor pegou a faca escondida embaixo do travesseiro, e atacou a esposa.

Gritando, ela acordou com o homem enfurecido, desferindo os golpes. Mesmo sangrando muito, ela conseguiu sair da cama, e correu para a rua. Uma vizinha ouviu tudo, e quando viu o desespero da vítima, prestou socorro. Protegida na casa da vizinha, ela ligou para a polícia. Preso, o agressor agora está na carceragem da polícia civil em Altamira.

Por Karina Pinto  @Xingu230