quarta-feira, 23 de maio de 2018

Pais processam o filho de 30 anos para que ele se mude

Pais processam o filho de 30 anos para que ele se mude (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)
Um casal em Nova York precisou tomar uma medida drástica para que o filho de 30 anos finalmente fosse morar sozinho. O casal entrou com processo na Justiça para obrigar o seu filho a se mudar.
De acordo com a CNN, os pais dizem que o filho está se recusando a sair, apesar de diversos avisos dados por eles. Entretanto, Michael Rotondo afirma que ele não recebeu nenhuma notificação legal para deixar a casa.
A alegação é de que Rotondo não contribui para as despesas da família e nem ajuda com as tarefas domésticas.
Seus pais lhe deram cinco notificações por escrito nos últimos meses dizendo que ele precisava ir embora. Eles até afirmam que se ofereceram para ajudá-lo a viver por conta própria.
"Dê espaço para sua mãe e seu pai. Está na hora. Ele tem 30 anos. E não paga aluguel. Você precisa ser independente", disse Lashea Wright.
A previsão é que o caso seja discutido nos tribunais ainda neste mês.
(Fonte: CNN)

Mulher queimada viva por esposa ciumenta mostra o rosto e resultado é espantador

Mulher queimada viva por esposa ciumenta mostra o rosto e resultado é espantador (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)
A australiana Dana Vulin, 30 anos, é um verdadeiro exemplo de superação e auto estima. Vulin quase morreu após ter sido queimada viva por uma mulher ciumenta que a viu conversando com o marido, em 2011.
A australiana teve queimaduras em 64% do corpo e seu estado de saúde era considerado gravíssimo, com poucas chances de sobrevivência. menos de oito anos após a tragédia, Vulin exibe uma recuperação incrível em suas redes sociais, se tornando um exemplo de superação.
Já se passaram seis anos da tragédia, e após vários procedimentos cirúrgicos Dana exibe um novo e impressionante rosto. Foram necessárias várias cirurgias para a difícil recuperação.
Apesar dos graves problemas, ela decidiu lutar. "Suicídio para mim não era uma opção. Pensei que morrer seria mais fácil, mas queria ver meus sobrinhos crescerem”, disse ela ao programa britânico Loose Women. "Obviamente eu tenho cicatrizes, mas agora sou tão singular por dentro quanto por fora", continuou.
Dana foi queimada por Natalie Dimitrovska, dentro de seu próprio apartamento. A agressora foi condenada a 17 anos de prisão.
Uma publicação compartilhada por Dana Vulin (@dana_vulin) em 
Uma publicação compartilhada por Dana Vulin (@dana_vulin) em 
Uma publicação compartilhada por Dana Vulin (@dana_vulin) em 
Uma publicação compartilhada por Dana Vulin (@dana_vulin) em 
(Fonte: Daily Mail)

Três crianças caem em fossa de escola e uma morre

Três crianças caem em fossa de escola e uma morre (Foto: Reprodução)
A fossa em que as três crianças caíram. Infelizmente, uma morreu. (Foto: Reprodução)
Uma menina de apenas 4 anos morreu ao cair em uma fossa, enquanto brincava no fundo de uma escola municipal em Fortaleza, Ceará, no bairro Ancuri. Ela estava acompanhada de mais duas crianças, que também caíram após o chão do local ceder, mas sofreram apenas ferimentos leves.
O acidente foi por volta das 9 horas da manhã desta quarta-feira (23), no Centro de Educação Infantil Professora Laís de Souza Viera Nobre. Segundo informações apuradas pelo jornal Diário do Nordeste, as três brincavam nos fundos da escola, onde fica localizada a fossa do imóvel. De repente, o piso cedeu e as crianças caíram na fossa da instituição.
Duas delas foram resgatadas pelo corpo de bombeiros e atendidas pelo Samu, apresentando ferimentos leves. Porém, segundo a corporação dos bombeiros, Évelyn de Andrade prendeu o bracinho no anel da fossa e ficou debaixo da água por muito tempo.
O corpo da menina foi recolhido por volta das 12h30.
A Prefeitura de Fortaleza disse que vai apurar os fatos e que considera a tragédia um fato “inaceitável”. Ao mesmo tempo, lamenta e se solidariza com a dor da família.
(DOL)

Perícia revela: pastor estuprou filho e enteado antes de queimá-los vivos

Perícia revela: pastor estuprou filho e enteado antes de queimá-los vivos (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)
A Polícia Civil do Espírito Santo concluiu que o pastor George Alves violentou o próprio filho e o enteado, antes de matá-los queimados vivos. O inquérito foi divulgado nesta quarta-feira (23). O caso ocorreu no município de Linhares e teve ampla repercussão nacional.
Os irmãos Kauã Salles Butkovsky, de 6 anos, e Joaquim Alves Salles, de 3 anos, foram encontrados mortos no dia 21 de abril, na casa onde moravam. Inicialmente, o pastor George Alves, que é pai de Joaquim e padrasto de Kauã, disse que os meninos morreram em um incêndio que atingiu apenas o quarto onde as vítimas dormiam.
A perícia apontou, no entanto, que o acusado estuprou as crianças, agrediu e colocou fogo nas vítimas ainda vivas. George Alves está preso temporariamente e a Justiça decidiu prorrogar a detenção por mais 30 dias. Ele é indiciado por duplo homicídio triplamente qualificado e duplo estupro de vulneráveis. A soma máxima das penas é de 126 anos.
A mãe das crianças, Juliana Salles, estava em um congresso em Minas Gerais com o filho mais novo do casal e não é investigada.
Análise da perícia
Segundo o delegado do caso André Costa, o crime bárbaro teve a motivação de camuflar o abuso sexual sofrido pelas crianças. O pastor colocou as duas vítimas ainda vivas, porém desacordadas, na cama e, usando um líquido inflamável, ateou fogo nos corpos e no local. As crianças morreram pela carbonização.
O delegado ainda informou que as crianças foram agredidas depois de serem abusadas sexualmente para ficarem desacordadas e não tentarem fugir do fogo. 
Costa completou dizendo que George tentou se promover publicamente passando uma imagem muito diferente do que a sua conduta demonstrou.
"A fumaça não foi a responsável pelas mortes e elas (as crianças) não reagiram a esse incêndio porque já estavam desacordadas", disse um dos peritos do caso.
Segundo o delegado, George também violentou fisicamente as crianças, o que foi comprovado pelos vestígios de sangue no banheiro que o exame de DNA.
Pastor chegou a dizer que tentou salvar crianças de incêndio
Inicialmente, George afirmou que tentou salvar as crianças, mas não conseguiu. No entanto, durante um exame, foi constatado que o pastor não apresentava queimaduras. 
No dia 28 de abril, o pastor foi preso com a justificativa de que estava atrapalhando as investigações. Em 17 de maio, a polícia falou pela primeira vez que encarava o caso como homicídio.
(Com informações da Istoé)

POLUIÇÃO VISUAL Vidente morta, Mãe Delamare é multada pela Prefeitura de Belém em R$ 10 mil

Vidente morta, Mãe Delamare é multada pela Prefeitura de Belém em R$ 10 mil (Foto: Ver-o-Fato/Reprodução)
Mãe Delamare foi multada por causar poluição visual com cartazes e propagandas em logradouros públicos na capital paraense. (Foto: Ver-o-Fato/Reprodução)
A Prefeitura de Belém aplicou multa no valor de R$ 10 mil contra a vidente Mãe Delamare, por causar poluição visual com cartazes e propagandas em logradouros públicos na capital paraense. As informações são do blog Ver-o-Fato, do jornalista Carlos Mendes.
Entretanto, a família da vidente deu entrada em recurso administrativo, pedindo o cancelamento da multa, alegando “que Mãe Delamare já não se encontra entre nós” e que “o local é de atividade religiosa em sua homenagem, e mantido por doações”.
Após julgamento presidido por Carlos Fabrício Crescente Dias, do Conselho Municipal de Meio Ambiente de Belém (CONSEMMA), por 9 votos os conselheiros mantiveram o auto de infração e a multa foi reduzida para R$ 5 mil.
O DOL entrou em contato com a Prefeitura de Belém e aguarda um posicionamento. 
(DOL)